domingo, 13 de outubro de 2013

Biosfera..."comments"




Sempre que aparece uma notícia relativa a um projeto, dá azo a que surjam alguns comentários uns positivos e outros críticos que devem ser tidos em conta e esclarecidos. Um dos problemas que existem quando somos solicitados é que não controlamos a edição das reportagens e pode ficar sempre a sensação que não demos visibilidade a todos os intervenientes que fazem parte deste grupo imenso. Antes e apesar de tudo temos que agradecer ao biosfera e à produtora farol de ideias pela oportunidade. Temos igualmente que agradecer ao CEBAL, se calhar um dos responsáveis por esta reportagem e daí a ligação ao estudo científico relacionado com o cancro da mama que foi referido na peça da responsabilidade da Fátima Duarte e cuja informação não foi minha. A Universidade Católica, Departamento das Ciências da Saúde, pela mão da Prof. Marlene Barros, tem várias linhas de investigação que interessam promover associada ao projeto CARDOP, em colaboração com universidade americanas e que acredito serem alvo de divulgação a curto prazo e posso adiantar que  poderá ser pela mão da TSF, e na primeira pessoa. Foi uma pena não terem sido divulgados todos os parceiros do projeto que disse-o na reportagem, a referência ao Prof. Euclides Pires, às várias linhas de investigação, à cultura pela mão do Paulo Medeiros,...Quando vemos a reportagem, apesar de tudo de bom que aconteceu, o resultado parece sempre curto, mas acredito que nas próximas oportunidades, outros deverão aparecer e outras áreas deverão se privilegiadas, designadamente as da promoção e prevenção da saúde e da dietética e nutrição. Acreditem que esperava mais por tudo o que falamos e divulgamos, mas provavelmente teremos que via IPV, fazer uma reportagem à nossa medida que abranja as diversas áreas, instituições e colocar nas redes sociais e no sitio sobre o projeto CARDOP que temos que criar a curto prazo. Uma palavra  à Escola Secundária Viriato e ao projeto Simbiose que apesar de terem sido falados por mim, na reportagem também não foi realizada qualquer referência. Vamos trabalhar no sentido de produzirmos para sermos reconhecidos. Eu sempre digo que o importante não é aparecer...é fazer, o aparecer é apenas importante para capitalizarmos novas candidaturas. Por último um agradecimento à casa da Ínsua e ao José Matias e ao João Madanelo pelo desempenho e colaboração, merecem em pleno os destaques proporcionados, sem eles nada do que conseguimos até agora teria sido possível, isto apesar de faltar um longo caminho a percorrer. As fotos do cardo mostram que nesta fase distinguem-se bem três dos ecótipos (3M, 4M e 5M) com os quais estamos a trabalhar.
Em relação ao cavalo-marinho temos várias coisas a aprender com eles...
Agradeço a todos aqueles que têm colaborado no CARDOP e aceito todas as críticas prometendo fazer mais e melhor para que nos possamos sentir como uma verdadeira equipe que somos, esse é o nosso objetivo último, temos que ser mais a falar, mais a divulgar para que não existam protagonismos demasiados que são sempre prejudiciais.

Sem comentários:

Publicar um comentário